Bacalhôa Buddha Eden

Por Natalia Silva - outubro 07, 2018


Já há muito tempo que queria visitar o Bacalhôa Buddha Eden e, recentemente, tive oportunidade de concretizar esta minha vontade.

Fica situado numa quinta de enoturismo, a quinta dos Loridos, no Bombarral.

Foi idealizado pelo comendador Joe Berardo, na sequência da destruição de várias estátuas milenares de Budas perpetrada por Talibãs no Afeganistão, e como forma de homenagem à perda daquela herança da humanidade.


É um espaço tranquilo, com lagos com carpas Koi, patos, tartarugas e plantas exóticas.

Ao longo do percurso para além dos Budas e outras divindades orientais, podemos apreciar inúmeras esculturas de diversos tamanhos e materiais bem assim como obras de arte de diversos artistas de renome, tais como, Joana Vasconcelos, Fernando Botero, Tony Cragg, Lynn Chadwick, Allen Jones, entre outros.




No final do percurso, junto à plantação de vinho, temos acesso a vários painéis de azulejos alusivos à história do vinho.


Quanto ao preço do bilhete são 5€ para quem optar por fazer o percurso a pé e 4€ para quem optar ir de comboio.  A diferença do preço reside no facto do comboio não aceder à área dos jardins, por isso é recomendável, caso tenham tempo, que façam a visita a pé.

As crianças até aos 12 anos têm entrada gratuita.

Existem imensas zonas para parar e relaxar. Eu e o meu marido tiramos imensas fotos e concluímos o percurso no espaço de 2h30, com algumas paragens para descansar e apreciar o meio envolvente.

No exterior dispõe de parque de estacionamento gratuito e wc´s em bom estado de limpeza e conservação.

No interior dispõe de restaurante/snack bar e loja de vinhos (à saída).


Em jeito de conclusão deixem que vos diga que tem um preço bem acessível, para um espaço tão bem concebido que funciona como uma espécie de museu de arte ao ar livre.

P.S.: só é pena não disponibilizarem um folheto com o roteiro. Para me orientar e evitar repetir áreas tirei uma fotografia com o telemóvel ao placard que tem na zona dos comboios com o mapa e fui-me guiando por lá.

Saibam mais aqui: https://www.bacalhoa.pt/enoturismo/bacalhoa-buddha-eden



  • Partilhar:

Também poderás gostar

0 comentários