Gatos - como detectar problemas urinários?

Por Natalia Silva - setembro 19, 2017



É comum os gatos apresentarem problemas urinários em alguma fase da sua vida. E, independentemente da gravidade, o que é certo é que se não forem detectados e tratados rapidamente, podem ser fatais. 

Um gato que esteja afectado por uma doença do trato urinário começa a apresentar alterações do seu comportamento normal e dos seus hábitos de higiene: apresenta dor e dificuldade em urinar, utiliza a caixa de areia mais vezes do que o normal e muitas vezes tenta urinar fora dela, pois começa a associar que a sensação de ardor é causada por ela; em alguns casos, há vestígios de sangue na urina, etc.

Os gatos que apresentam maior risco de vir a desenvolver problemas urinários, são os que mudam bruscamente de rotina; que sofrem de stress; que têm uma alimentação desadequada (dieta de baixa digestibilidade); que sofrem de obesidade; que estão confinados a espaços muito reduzidos e aqueles que ingerem pouca água ou não conseguem retirar da sua dieta a quantidade de água de que precisam. Se o vosso gato não bebe água e só lhe dão ração seca, humedeçam-na previamente com água, obrigando-o a ingeri-la dessa forma.

No que respeita à saúde urológica dos nossos gatos, a prevenção é aqui um factor determinante e, por isso, a Husse desenvolveu o Indikator, o areão aglomerante que indica o PH da urina e, graças a ele, ficamos a saber de forma rápida, simples e eficiente, se temos ou não razões para nos preocupar.

Como funciona:
Preenche-se o tabuleiro com a areia (5 a 6 cm de altura).
Se o gato tiver algum problema do tracto urinário apresentará proteína na urina e a substância amarela presente no areão mudará para cor azul.

 |
OK!
ATENÇÃO!
ALARME!


Nesse caso deverá ser levado de imediato ao veterinário!

Onde comprar:

Lembrem-se que os gatos são extremamente sensíveis à limpeza da caixa  de areia e uma caixa de areia suja pode propiciar a retenção urinária. Por isso, diariamente, removam os aglomerados sólidos com uma pá para areão aglomerante e voltem a preencher o nível de areão.
Quando for preciso mudar todo o areão, lavem e sequem bem o tabuleiro antes da próxima utilização.

Espero que este artigo vos possa ser útil.
Até breve!

  • Partilhar:

Também poderás gostar

0 comentários